Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

Página Inicial Informações Lista de Noticias Porto do Pecém apresenta alta na movimentação do primeiro trimestre
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Porto do Pecém apresenta alta na movimentação do primeiro trimestre
Ter, 11 de Abril de 2017 19:19

 

 

O primeiro trimestre de atividades no Porto do Pecém apresentou um resultado significativo e correspondente ao plano do Governo do Estado do Ceará em transformar o porto cearense em uma das principais portas de entrada e saída de mercadorias da região. O aumento de 100% na movimentação, quando comparado ao mesmo período de 2016, mostra os resultados dos investimentos que estão sendo realizados em Pecém.

 

O total de 4.176.903 toneladas movimentadas, é fruto do incremento nas exportações, que cresceram de 259.355 t em 2016 para 1.024.428 e importações, de 1.830.386 t para 3.152.475 t toneladas. Para o diretor-presidente da Cearáportos, Danilo Serpa, a intenção, aos poucos, é transformar  o cenário que hoje se configura no Porto do Pecém, que é predominantemente importador. "Estamos realizando um trabalho forte de prospecção de novos negócios, buscando mais investimentos para o Complexo Industrial e Portuário do Pecém - CIPP, para isto, contamos com a Zona de Processamento de Exportação e uma ampla área industrial", disse. Segundo Serpa, para que isto aconteça, o Estado conta com  o potencial de infraestrutura  que o CIPP apresenta para sediar grandes empresas e ser a porta de saída de suas mercadorias.

 

Apesar de apresentar um amplo mix de cargas movimentadas, existem as que mais se destacam. Este ano, o primeiro lugar ficou com o granel sólido, que participou com 61% das movimentações (2.561.801 t), seguido da carga geral solta, com 883.219 t (21%), carga conteinerizada, com 570.957 t (14%), e granel líquido, 160.926 t (4%).

 

Em relação ao tipo de navegação, a de longo curso (com portos de outros países), cresceu 70%, tendo como principais produtos movimentados o carvão mineral (1.457.690 t), gás natural (122.934 t), pedras calcárias (55.032 t), e produtos siderúrgicos (41.072 t), e nas exportações os destaques ficaram por conta das movimentações de placas de aço (763.000 t), frutas (34.678 t), plásticos e suas obras (21.626 t), água de coco (9.562 t), calçados (4.747 t), granito (3.753 t).

 

A cabotagem (movimentação entre portos brasileiros), que em 2016 sofreu uma baixa, este ano começa a crescer novamente. O incremento de 191% foi resultado, principalmente, do desembarque de minério de ferro (1.049.079 t), produtos siderúrgicos (101.814 t), arroz (50.568 t), plásticos e suas obras (35.968 t), e embarques de sal (30.760 t), farinha de trigo (29.182 t), cimentos (11.819 t).

 

De acordo com o presidente, este resultado pode ser ainda melhor. "Estamos trabalhando para que o serviço, que hoje é oferecido no Porto do Pecém, melhore a cada dia. Queremos cada vez mais um porto mais eficiente, com capacidade de atender a crescente demanda que se estabelece", finalizou. De acordo com Serpa, a expectativa é de que este ano seja finalizado com 14 milhões de toneladas movimentadas.

 

Danilo destaca, para que este resultado seja alcançado, a operação da Companhia Siderúrgica do Pecém - CSP, que tem capacidade anual de produzir 3 milhões de toneladas de placas de aço, e a safra de frutas frescas, que começa em agosto e já conta com uma nova linha para Antuérpia.

 

 

 

 

 

Luiza Dantas
Assessoria de Comunicação da Cearáportos
Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo.
Contato: (85) 3372-1500

 

CEARÁPORTOS - Esplanada do Pecém, s/n - Pecém - São Gonçalo do Amarante - Ceará - CEP: 62.674-906

Fone: 55 85 3372.1500 - Fax: 55 85 3315.1974 - e-mail: cearaportos@cearaportos.ce.gov.br

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados