Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

Página Inicial Informações Lista de Noticias Profissionais do Complexo do Pecém compartilham vivências no Dia do Professor
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Profissionais do Complexo do Pecém compartilham vivências no Dia do Professor
Qua, 16 de Outubro de 2019 16:11

 

Data é celebrada por professores que se dividem entre a vida acadêmica e as atividades industriais e portuárias.

 

 

Todo profissional, independentemente da área em que atue, lembra pelo menos de um professor ou professora que marcou sua trajetória estudantil. Há também aqueles que fazem questão de retribuir o que aprenderam. E retribuem se tornando educadores. Ou seja, passam de alunos a professores.


Eu nasci para ser professora! Quando eu entro em sala de aula me sinto extremamente realizada. Mais do que ensino, eu aprendo com as diferenças, com as trocas que acontecem e com o crescimento de cada aluno”, diz a professora Ana Kécia Gomes – Analista de Orçamento do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.


Ensinar e apreender diariamente. Essa é a rotina das professoras e professores que se dividem entre as aulas em escolas e universidades e as atividades no Complexo Industrial e Portuário do Pecém.


O engenheiro ambiental Alexandre Autran trabalha há 13 anos no Pecém. O tempo de trabalho no porto cearense só é superado pelos 16 anos que tem dedicados ao nobre ofício de ensinar.

Lecionar é uma troca de experiências muito gratificante. Levo aprendizados do Complexo do Pecém para a sala de aula e trago, de lá, novidades para o meu trabalho. Afinal, também aprendo com os meus alunos. Mas o que eu acho mais importante na minha missão como professor é a responsabilidade de levar conhecimento àqueles que o estão buscando”, diz.


O dia 15 de outubro é dedicado aos professores em todo o Brasil. E a resposta pra explicar essa data vem do período imperial. No dia 15 de outubro de 1827 (dia consagrado à educadora Santa Teresa de Ávila), o Imperador do Brasil Pedro I baixou um decreto que criou o Ensino Elementar no Brasil.


Esse decreto tratava basicamente da descentralização do ensino, do salário dos professores, das matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até sobre como os professores deveriam ser contratados.


Cento e vinte anos depois do decreto, em 1947, um professor paulista teve a ideia de transformar a data em feriado e iniciou a tradição de homenagear os professores no dia 15 de outubro, em referência ao decreto de D. Pedro I.


Hoje professores, como Miguel Pinheiro, celebram a data em meio a uma rotina pedagógica quase que diária. “O maior dos desafios é vencer o cansaço por conta da rotina, mas a dinâmica de conhecer gente nova, se atualizar constantemente e conviver no ambiente acadêmico com uma juventude cheia de sonhos e expectativas me renova sempre”, conclui o educador e gestor de projetos estratégicos do Complexo Industrial e Portuário do Pecém.

 

 

*Foto: Itamar Tavares, Engenheiro de Segurança do Trabalho; Miguel Pinheiro, Gestor de Projetos Estratégicos; Alexandre Autran, Engenheiro Ambiental; e Ana Kécia Gomes, Analista de Orçamento.
 

CIPP - Porto do Pecém - Esplanada do Pecém, s/n - Pecém - São Gonçalo do Amarante - Ceará - CEP: 62.674-906

Fone: 55 85 3372.1500 - Fax: 55 85 3315.1974 - e-mail: cearaportos@cearaportos.ce.gov.br

© 2008 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados

?>